Mitos e verdades: saiba tudo sobre Vitiligo

As dúvidas sobre  Vitiligo são constantes em consultórios médicos e em sites de pesquisas. Mas, antes de começarmos, vale muito a pena dizer que muitas pessoas convivem com vitiligo de forma tranquila. É plenamente possível ter vitiligo e sentir-se bem com a própria pele.

Por isso, trouxemos aqui um guia, com mitos e verdades, para te informar sobre esta condição. Conversamos com a dermatologista Bruna Rezende, que nos contou de forma simples e fácil sobre tema. Bateu a curiosidade? Leia abaixo.

mulher com vitiligo

Saiba o que é Vitiligo

Já se perguntou sobre a doença e não teve acesso a ninguém que explicasse com certezas e conhecimento técnico a respeito? A Dra. Bruna Rezende nos contou o que é Vitiligo e mais curiosidades sobre pessoas portadoras e tratamentos que podem contribuir para uma vida mais prazerosa com a própria aparência.

Segundo a dermatologista, Vitiligo é a destruição adquirida dos Melanócitos (células responsáveis pela formação da melanina, o pigmento que dá cor à pele), resultando em manchas brancas. As lesões são geralmente simétricas e bilaterais, e podem evoluir para outras áreas do corpo, principalmente nas áreas de trauma.

vitiligo no braço

Existe uma predisposição genética para ter Vitiligo. Geralmente, esta condição acontece igualmente entre homens e mulheres, sendo que 50% dos casos surge antes mesmo dos 20 anos de idade.

Muitas pessoas se perguntam se Vitiligo tem cura. Infelizmente, não. Mas há um tratamento adequado que pode auxiliar o paciente a conviver com as manchas na pele de forma mais saudável, evitando futuras complicações, conta a doutora. Para aprofundar mais o sobre tema, olha as outras curiosidades que a Bruna contou.

Confira sobre as complicações do Vitiligo

Mito ou verdade: o Vitiligo tem complicações para quem é portador? Verdade, a Dra. Bruna Rezende afirma que isso existe devido a maior chance de queimaduras solares, e também pode estar associado a distúrbios auto-imunes. 

Por isso, é sempre necessário fazer acompanhamento com um profissional de dermatologia que você tem confiança e que vai tratar da sua pele com atenção específica, indicando os melhores tratamentos de acordo com sintomas de Vitiligo. 

Vitiligo: contagioso ou não? Veja se é mito ou verdade

A falta de informação sobre o tema é um dos grandes motivadores da discriminação que portadores de Vitiligo passam. Porém, graças ao acesso de informações com credibilidade, como esta matéria, procura-se educar de forma inclusiva, principalmente sobre o que causa Vitiligo.

A médica afirma que o Vitiligo não se pega através do contato entre pessoas. Ao contrário do que muitos acham, também não é causado por estresse. Essa condição pode ser desencadeada em quem tem predisposição genética. 

Porém, é importante pontuar que, apesar de existir o fator genético, isso não significa que seja algo hereditário: há pessoas com Vitiligo que não têm parentes com a mesma condição. Curioso, não é?

Existe tratamento para Vitiligo. Saiba quais são

A Dra. Bruna Rezende nos conta que esse é mais um mito a respeito do Vitiligo, como falamos anteriormente. Porém, há tratamentos que ajudam os pacientes a conviverem de forma mais harmoniosa com esta condição.

O tratamento de Vitiligo pode ser muito eficaz. Bruna conta que, por causa das individualidades de cada paciente, não há uma regra para todos, mas geralmente o tratamento segue uma de duas estratégias: deter a progressão da doença ativa, limitando a área envolvida pela despigmentação ou repigmentar as área brancas.

Como não há causa definida, não tem como prevenir (existe uma predisposição genética, como dissemos). Por outro lado, o tratamento envolve fotoprotetor, corticóide tópico ou sistêmico, psoralenos, luz ultravioleta e cirurgia. 

Veja as recomendações de cuidados para quem tem Vitiligo

As recomendações de cuidados com a pele para pessoas portadoras de Vitiligo são, principalmente, proteger a pele, usando, de forma disciplinar, protetor solar diariamente, em todo o corpo, indica a médica Bruna Rezende.

vitiligo no rosto

Ela nos contou que os pacientes têm muito medo de ter queimaduras, câncer de pele e ter o corpo todo acometido. Por isso, além dos cuidados acima, é importante fazer um acompanhamento de tratamento com dermatologista.

Para complementar esse cuidado, dá uma olhada em todos os mitos e verdades a respeito do uso do filtro solar que escrevemos também aqui no blog. Olha só essa matéria especial.

E, para fechar, existe uma série de pessoas que convivem com vitiligo de forma harmônica. Aceitar que a condição existe pode ser o primeiro passo para uma relação mais saudável com a própria pele. Aproveita e vem dar uma olhada nessa conversa superespecial que aconteceu no nosso Instagram.

Procure sempre por informações de qualidade

Nós esperamos que esta matéria, com as considerações da dermatologista Bruna Rezende, tenha tirado todas as suas dúvidas a respeito de Vitiligo. Agora, que tal compartilhar esse texto com todas as pessoas da sua rede e ajudar a divulgar cada vez mais informações verdadeiras a respeito desta condição? Compartilhe. 

 

Dra Bruna Rezende

@drabrunarezende

Compartilhe esse post:
Tell Us What You Think
0Like0Love0Haha0Wow0Sad0Angry

0 Comentário

Deixe um comentário

Fique por dentro
das novidades, receba dicas
e truques no seu email

© 2020 - beyoung.com.br | All Rights Reserved

Left Menu Icon
Right Menu Icon