Todas as categorias

Glossário da pele oleosa: não comedogênico, oil free e oil control

Glossário da pele oleosa: não comedogênico, oil free e oil control

Apesar da pele oleosa ter uma tendência maior à acne, já que o excesso de sebo pode obstruir os poros, ela também traz algumas vantagens. Pessoas com esse tipo de pele costumam ter menos rugas porque o óleo ajuda a preservar a cútis, sabia? 

Na rotina de cuidados, o equilíbrio é o segredo para controlar a oleosidade sem irritar a pele e mantendo a sua hidratação. Para isso, é muito importante conhecer as classificações dos produtos para esse tipo de pele e como eles funcionam. 

Então, convidamos a dermatologista Rossana Vasconcelos, professora do Departamento de Dermatologia da Universidade de Santo Amaro para nos ajudar na construção dessa matéria e, agora, vamos ao nosso glossário da pele oleosa.

Primeiro: o que é um cosmético oil free?

Quando um produto tem a indicação oil free no rótulo, significa que ele não contém óleos minerais ou vegetais. Mas esses cosméticos podem incluir óleos sintéticos, que são fabricados em laboratório. Parece meio confuso, mas vamos explicar melhor: os sintéticos são menos propensos a entupir os poros. 

Além disso, eles costumam ter textura em gel ou gel-creme e são os mais indicados para quem possui a pele oleosa, uma vez que ele auxilia no controle do brilho ao longo do dia.

Você pode encontrar a classificação oil free em cosméticos para a limpeza da pele, hidratantes, séruns, loções anti-idade e protetores solares. Os primers e outros produtos de maquiagem também podem ser livres de óleo, como base e corretivo.

Não comedogênico

Talvez você conheça os comedões como cravos pretos (ou abertos) e cravos brancos (ou fechados), que se formam por causa da obstrução dos poros. Assim, produtos não comedogênicos têm uma textura mais leve ou ingredientes menos oleosos, justamente para evitar o entupimento dos orifícios da pele.

Ou seja, usar cosméticos oil free e não comedogênicos é uma forma de prevenir o surgimento de acne na pele oleosa. Além de cleansers, hidratantes, séruns, loções anti-idade, protetores solares, primers e produtos de make, os demaquilantes também podem ser não comedogênicos.

Se sua pele for oleosa ou com tendência à acne, aposte sempre em cosméticos que trazem essa informação no rótulo para garantir uma pele mais saudável e livre dos comedões.

O que significa oil control?

Quando está escrito oil control na embalagem, você sabe o que quer dizer? “São produtos que não necessariamente deixam de ter óleo na composição, mas possuem ingredientes que controlam a oleosidade e o brilho da pele”, explica a dermatologista.

Os cosméticos que costumam ter essa função de oil control são tônicos, adstringentes, cleansers, hidratantes, séruns, protetores solares, máscaras faciais e até mesmo óleos para o rosto. Entre os produtos de maquiagem, é comum encontrar primer e pó com ação oil control.

Além desses três termos, que são essenciais para o skincare da pele oleosa, há várias características dos cosméticos, desde a limpeza até a maquiagem e nomes de ativos que você precisa conhecer. Vamos aprender quais são? 

Ativos que ajudam no controle da oleosidade

Dentre os ativos mais conhecidos no controle da oleosidade da pele, os compostos como o ácido salicílico, o enxofre, o extrato de trevo-vermelho e o óleo de tea tree (ou melaleuca) sempre são citados quando o assunto são os cuidados com a pele oleosa, pois eles dissolvem o excesso de sebo. 

“O ácido glicólico também é um bom ingrediente, pois melhora o tom e a textura geral da pele”, conta a Dra. Rossana.

Geralmente, eles são encontrados em sabonetes faciais e, como são ativos potentes, eles podem causar irritação em peles mais sensíveis. Então, o ideal é ter a orientação de dermatologistas para saber quais são os mais indicados para você, proporcionando os melhores benefícios relacionados ao seu tipo de pele.

Além disso, alguns produtos incluem ingredientes que absorvem de imediato a oleosidade superficial da pele. Porém, eles não são capazes de controlar a secreção de sebo. Nitreto de boro, caulim, carbonatos, dióxido de titânio e óxido de zinco são exemplos desses compostos.

“Os produtos de maquiagem em pó e alguns séruns que absorvem óleo devem conter ingredientes dessas categorias”, aponta a dra. Rossana. 

Cosméticos à base de água

Os produtos à base de água são uma boa opção para a pele oleosa. Os sabonetes desse tipo costumam conter surfactantes, que são agentes de limpeza que dissolvem partículas solúveis em água, como os poluentes. Esses limpadores também ajudam a remover o excesso de oleosidade.

“Muitas pessoas acreditam que é preciso usar um sabonete forte para a pele oleosa, a fim de secar a pele. No entanto, isso pode irritá-la e aumentar a produção de sebo. Em vez disso, procure um sabonete suave para o rosto”, orienta a dermatologista.

Outro exemplo de produto com base aquosa, como o próprio nome sugere, é a água micelar. As micelas (esferas minúsculas) presentes nela atraem todas as impurezas depositadas na pele e potencializam a limpeza. Aliás, já explicamos aqui no blog como a água micelar ajuda a reduzir a oleosidade

A maioria dos séruns também são à base de água, o que significa que costumam ser produtos sem óleo. Por isso, eles são muito indicados para a pele oleosa. Então, antes de comprar seus produtos de skincare, vale pesquisar se eles têm base aquosa.

Diga adeus para a oleosidade

Agora que você já conhece melhor sobre como a oleosidade funciona e como podemos controlá-la, é hora de dizer adeus para ela e todos os produtos comedogênicos que podem provocar acne na pele.

Aproveite também para fazer consultas com dermatologistas regularmente para garantir um tratamento que irá priorizar os ativos que atendem melhor às necessidades do seu tipo de pele.

E, caso você queira conhecer melhor outros ativos, acesse o post sobre Glossário de Ativos: Vitamina C, Ácido Hialurônico e muito mais e comente quais outros ingredientes você gostaria de ver por aqui, no Beyoung Blog. 

CONTEÚDOS RELACIONADOS

5 2 votes
O quanto este conteúdo te ajudou?
Inscreva-se
Me avise sobre:
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp